Serra catarinense recebe o produtor de vinho mais famoso da Itália

Angelo Gaja

Uma lenda mundial como produtor de vinhos, o italiano Angelo Gaja estará no Brasil especialmente para conhecer e provar os vinhos finos da altitude de Santa Catarina. Em 21 de abril, na Casa da Cultura de São Joaquim, durante uma palestra para convidados da Vinho de Altitude – Produtores Associados, ele vai contar como conseguiu revolucionar os vinhos italianos nos últimos 30 anos.
Eleito em diferentes ocasiões como “Homem do ano” por revistas como a Decanter e a Wine Spectator, Gaja é o maior colecionador de “tre bicchiere” do mais famoso guia de vinhos italianos, o Gambero Rosso.


Na região da altitude de Santa Catarina, que vai de São Joaquim, na Serra, até Água Doce, no Meio Oeste, o referenciado produtor vai constatar que entre as uvas tintas mais adaptadas na altitude catarinense estão as de origem italiana, especialmente a Sangiovese e a Montepulciano. Já são sete vinícolas plantam e fazem vinhos com essas uvas (Quinta da Neve, Leone di Venezia, Villagio Conti, Villaggio Bassetti, Abreu Garcia, Villa Francioni, Villaggio Grando e Vivalti).

O convite para Gaja visitar a mais promissora região de vinhos finos de Santa Catarina e do Brasil foi feito pelo empresário Carlos Schneider, presidente da Ciser de Joinville e ex-presidente da Celesc, um profundo conhecedor e apreciador de vinhos. Entre suas inúmeras viagens internacionais conheceu e estreitou uma forte amizade com o produtor italiano.
O presidente da Vinho de Altitude – Produtores Associados, Acari Amorim (da vinícola Quinta da Neve, pioneira na altitude catarinense) reconhece que se alguém tem o direito de receber o título de “papa do vinho” é o produtor Angelo Gaja.

“Temos que ouvir, aprender e venerar esse produtor por tudo que ele já fez pela bebida”.

A palestra de Gaja e integra a programação da 20ª Festa Nacional da Maçã, que ocorre entre 20 e 24 de abril, no Parque de Exposições de São Joaquim, evento no qual os produtores de vinhos de altitude também terão um estande.